10.9.10

Meu Pai

Quando eu escrevi "Disso eu quero me lembrar para sempre", meu Pai estava aqui comigo e sabia que eu ia escrever o texto, embora não tenha lido (não deu tempo). Dois dias depois, ele não está mais entre nós, morreu hoje no fim da tarde. Agradeço a Deus o Pai que tive, a pessoa mais especial do mundo.

40 comentários:

Dê Kelen disse...

quero não ter entendido...

PJ disse...

acho que eu e Dê entendemos sim, o que a gente não quer e não sabe é o que escrever. Fique então com o nossos melhores e mais serenos pensamentos pra vc e pro seu pai. Força e sabedoria para você e família.
beijos

Vivian Fernandez disse...

Por mais que saibamos que estamos de passagem por aqui, quando a passagem se encerra, dói demais.
Lembre-se sempre dos bons momentos vividos juntos. Eles te ajudarão a amenizar a dor.
Muita força pra você e sua família.
Beijo no coração.
Vivi

Saulo disse...

Meu coração está partido. Meu luto é porque perdi uma das pessoas que mais me ensinou o que significava amar! Meu tio sempre foi completude de carinho, alegria e respeito. Ele, para mim, foi imagem de Cristo na Terra. Agradeço a Deus ter podido conhecê-lo, porque ele construiu a imagem do "Avô" que por outros meios eu não teria como construir. Quero eternizar aquele constante bom humor em minha memória. Quero gravar a duçura dos gestos e do olhar dele em meu coração.
Prima, "sua dor" é mais e muito sua e com certeza um tanto minha também.

Kátia Rocha disse...

Minha nossa!
Tinha alguns dias que não vinha aqui e quando chego, uma notícia dessa!
Pôxa, Bibi, que tristeza!
Deus te conforte e te dê, cada dia, a certeza de que vc nunca estará sozinha! Além dos seus familiares, amigos, e mais de 100 leitores que te querem bem, vc tem o Pai do céu que tudo sabe e tudo vê, inclusive sua dor.
Meus sentimentos, querida!
Beijo.

Lívia disse...

Querida, estou orando daqui.
bjo grande

eliza disse...

quero aqui confortar a escritora,dor que se leva por um tempo, ameniza com com o passar deste mesmo tempo,lembranças que o tempo nunca vai apagar.tempo... esse sim o senhor de nós, o dono de tudo
Com vc, a seu lado em silencio e tristeza.
Eliza

Cecilia Vasconcellos disse...

Bia, que pena, que tristeza! Conheci seu pai através da sua escrita e gostava muito dele. A empatia começou até antes, quando você me mostrou uma foto de família. No rosto dele estava estampado que era gente boa, um cara feliz, de bem com a vida. Ter você como filha devia ser causa e consequência disso. Escreve sempre sobre ele, vai ser bom pra você e pra nós, seus leitores. Bjs Cecilia.

Anginha disse...

Oi prima! Que momento delicado. Pense que Deus esta recebendo-o de braços abertos assim como nós faziamos com ele aqui. Uma pessoa especial que trazia uma alegria que contagiava a todos. Guardo comigo lembranças maravilhosas das vezes que estivemos juntos. Estarei rezando por vocês e pedindo a Deus que ilumine seus corações. bjsss

Ana Raquel =] disse...

Bibi, que Deus abençoe imensamente vc e sua família. Bjoss de carinho

Bibi disse...

PJ e DeK: Não precisa saber escrever. Só de escrever, de lembrar, de bem querer já faz um bem enorme. Seu carinho chegou aqui, obrigada!

Bibi disse...

Vivi: Meus momentos com meu Pai foram inesquecíveis. Todos intensos, como ele era. Fica muita alegria, era seu jeitinho único! Obrigada pelo carinho, minha flor!

Bibi disse...

Saulo: a primeira vez que li seu recadinho, li errado! Entendi que meu pai tinha os olhos no coração, e a verdade era bem essa! Hoje não foi um dia de despedida, mas um dia de celebração pela vida que ele teve. Meu pai era sensacional.

Bibi disse...

KT: Deus mandou um monte de gente hoje para me consolar: pessoalmente, por email, por telefone, pelo blog. Nós duas sabemos, que antes de tudo e de todos, Deus mandou o Espírito Santo e é nesse conforto que me fio.

Bibi disse...

Livinha: Obrigada! Dor estranha, ficha caindo ainda.

Bibi disse...

Eliza: recebi seu email e agora vejo o recadinho aqui. Obrigada! O importante é se fazer presente de alguma forma. Escrevi várias lembranças, outras carrego só comigo, algumas o tempo vai apagar, mas o tempo jamais apaga a marca desse amor. Meu pai foi um homem ciente de seus defeitos e virtudes e com o tempo estava se tornando ainda melhor como pai, como amigo, como conselheiro, como ombro, como marido. Hoje agradeci a Deus pelo Pai que tive.

Bibi disse...

Cissa: Minha queridíssima... Se tudo o que escrevi aqui era bom, imagina ao vivo? Era um daqueles coroas que a gente diz: po, esse cara é um barato! Irreverente, animado, brincalhão, trabalhador, amigo dos amigos, buscador da verdade dos fatos, apaixonado pela família. Tudo isso ouvi hoje sobre ele. O mais curioso foi ter ouvido de uma senhora: "ele deixou muita gente viuva". Não porque fosse um devasso, pelo contrário, fazia com que todos coubessem respeitosamente em seu abraço. E como gostava de abraças e como sentirei falta disso!

Bibi disse...

Anginha: Deus recebeu meu pai de braços abertos com certeza! Foi um guerreiro que amava viver. Queria ter esse mesmo amor pela vida, mas quero crer que ainda terei tempo de viver essa lição!

Bibi disse...

AnaR: Minha linda, muito obrigada! Carinho é muito necessário agora!

Luke disse...

Admiro você ter forças pra escrever num momento como este. Fiquei triste de te ver na situação em que te vi hoje, mas fiquei feliz porque mais uma vez você me causou admiração com a força que você tem.

te amo, amiga. Fica bem e saiba que meu telefone nunca está fora de área pra você. qualquer hora dia ou da noite.

beijo no coração.

Bibi disse...

Luke: Minha vida não é bem um blog aberto ou uma experiência escrita do BBB, mas assim como clamo por lisura, transparência e honestidade, assim me faço em palavras aqui. Perdi o homem que mais amei na vida, meu esteio e meu exemplo, meu melhor amigo. Isso naturalmente deve me mudar de alguma forma ou deve afetar os textos que virão; portanto, desnudei-me em informação. Não sou forte, busco forças e tem horas que as letras me sustentam, mas a minha suficiência vem de Deus.
Conto muito com a sua força e carinho, como sempre contei e como tive em momentos tão simbólicos e estratégicos. Você é meu irmão e meu pai tb te amava, assim como a minha mãe, que te abraçou hoje com tanto carinho.
Obrigada!

Josselene Marques disse...

Bibi:

Você sempre me surpreende - isso não é novidade. Todavia, numa hora dessas é mais incrível ainda. Você é, de fato, uma pessoa muito especial. Em um momento como este, ter abnegação e agradecer pelo pai que teve ao invés de apenas lamentar/chorar a sua partida - como é o comum - não é para qualquer pessoa, garota.
Sinceramente, fiquei muito triste com o ocorrido.
Que Deus lhe dê forças, principalmente, quando a "ficha terminar de cair".
Acredite: a esta altura ele já foi acolhido por Deus.
Abraço enorme nessa hora difícil.
Tchau, amiga.

Joss.

fer disse...

Passei o dia pensando em vc . Te passei um mail.
beijo
fer

Bibi disse...

Joss: Meu pai me deixou muitas lições e uma delas foi ter o coração grato. Sei que ele está com Jesus, então não o perdi. O que fica é a saudade a uma vida nova a se adaptar. Tenho chorado. Tenho visto ele em cada pequeno gesto e objeto. Um dia esse luto se ajeita. Um dia a vida volta a ser suave.

Bibi disse...

Fer, meu doce, te respondo lá!

J25 disse...

Bibi...
Que Papai do Ceú conforte seu coração. É sempre dificil dizer alguma coisa nessa hora. Mas estamos todos "interfrends" comovidos e de alguma forma apoiado você neste momento.
Receba meu abraço e vou falar com Papai do seu para continuar dando essa força a você, sua mãe a toda sua familia.

Denise Portes disse...

Bibi
Bateu umas saudades sua e eu vim até aqui te deixar um beijo...
Foi assim que eu soube que seu pai partiu. Querida eu sinto muito.
Apesar de não ter conhecido seu pai, tenho certeza que você teve um pai encantador, pois seu brilho vem de berço.
Um beijo no coração.
Denise

Bibi disse...

J25: só mesmo o conforto do Papai do céu, né? E o carinho de vcs que é priceless! Obrigada de coração!

Bibi disse...

Deny, meu pai era incrível mesmo. E a gente percebe pelo tanto que fez, por tantos amigos que semeou, por tanto carinho de terceiros que a gente vem recebendo por causa dele. Amei meu pai com toda força e amo o que ele fez por nós. Vai ser complicado, tenho medo do futuro, mas me tranquilizo em Deus.
Um beijo fofura

Ana Martins disse...

Bibi,

Queria deixar aqui um carinho a você, mas como fazer isso nessa hora? Nada conforta, senão lembrar do amor, que é o único que transforma tudo no universo do bem... e lá estará seu paizinho, que muito amou e foi amado... tanto lá como contigo, fica a luz que seguirá iluminando a todos, que unidos, permanecem num laço que jamais se desfaz.

Beijo carinhoso,
Ana

Bibi disse...

Ana, meu xuxu, muito bom saber que te tenho por perto. Achei que vc tivesse me deixado. Muito bom receber seu carinho e conforto. Obrigada

Ana Martins disse...

Bibi,

Estou mesmo sumida, e do meu blog tb, coitado... está difícil conseguir conciliar tudo, mas vez ou outra apareço. Uma hora tudo acalma aqui. Assim espero.
Toda a força pra ti, recheada de amor, viu?
beijo carinhoso pra ti e sua mãezinha.
Ana

Val disse...

Não há palavras que te confortaram e nessas horas não tem nem o que dizer...

Do fundo do coração, eu lamento por sua dor, por sua perda, por suas lágrima...lamento por não poder simplesmente te dar um abraço...

Só posso ficar aqui e em pensamente te enviar as melhores energias possíveis que de alguma forma possam conforta-te e, agradecer a Deus por estar ao seu lado te dando forças pra continuar sua caminhada...

Sinta meu forte abraço, e meus votos de força, coragem e paz.

Fica bem, tá! Estás em ótima companhia, tanto vc e seus famíliares quanto seu amado pai. Deus cuida de todos com o mesmo carinho.

Perdoe minha ausencia virtual...mas lembre-se que carrego vc e suas poesias em meu coração.

Saudades.
Bjs;

Bibi disse...

Ana: eu e mommys agradecemos.

Val: Suas palavras tem a mesma força de um abraço, pela impossibilidade das circunstâncias.

Isabela Candeloro Campoi, disse...

Fazia tempo que eu näo passava por aqui. Te deixo um afago através dessas teclas, um acalanto nesse momento difícil... Um beijo, querida, fique bem, na medida do possível...

Bibi disse...

Bela, Bela! Que bela mensagem a sua! Vc sabe que sinto a sua falta? Já fui lá te visitar atrás de notícias e ficava pensando por onde vc andaria... Circunstância difícil, mas bom te ver por aqui. Pode acreditar! Obrigada pelo afago, tão necessário...

Glauber disse...

Perdi meu pai faz pouco tempo e desde este dia, a morte tem estado mais naturalmente presente, mesmo durante as alegrias...

Bibi disse...

Glauber, querido, meu coração contigo. A morte é parte da vida, mesmo que isso possa parecer uma grande ironia. É a grande certeza, embora sempre assustadora. A gente tem que aprender a lidar com essa informação, com esse dado de realidade. A despedida é que parte um pouquinho o nosso coração. Mas é preciso acomodar essa dor, para a alegria não ser triste, porque isso é antinatural. Meu coração contigo quer dizer que mando forças para que você possa encontrar alegria na alegria e não morte, mesmo que ela faça parte do desenrolar natural dos acontecimentos. Vamos evocar aquilo que nos dá esperança. Mesmo triste, o que é natural, tenho me empenhado para viver a vida que meu pai me ensinou.
Meu beijo!

Cissa disse...

Minha flor! Só agora soube, e como queria estar junto de ti neste momento. Fica meu abraço, e meu carinho e conte comigo para o que precisar! Estou orando por vocês, Deus está cuidando de tudo.

Grande beijo, Cissa.

Dida disse...

Tenho ótimas lembranças do tio Amorim. Sempre brincalhão, sempre rindo...uma presença e tanto! Com certeza ele e minha avó estão fazendo uma bagunça daquelas no céu!! Saudades do tio!!!

E você, minha cara escritora, tenha em mim mais um ombro amigo disposto a te apoiar. Deixo todo o meu carinho com vc!!!!