26.8.09

Marmita

Vou te contar um segredo: hoje foi um dia complicado de dentro para fora e de fora para dentro. Falando com uma amiga, disse para ela que as vezes me faço de dona marmita... Ando fria até encontrar um "motivo" que me esquente. A alma. E aqui não vai nenhuma conotação sexual, embora eu saiba que para muitos vai ser impossível não caminhar com as idéias por esse viés. Vá lá. Eu preciso escrever e você precisa pensar. Todos nós temos licença poética nessa vida. Na verdade ando buscando sonhos, que são alimentos dessa marmita!

9 comentários:

Barbara Russo disse...

Bom isso hein!

Barbara Russo disse...

bo demais seu blogh! adorei!

fernando disse...

Muito original a sua metáfora, entendi e nem pensei em levar pelo viés sexual.
Talvez sejamos todos marmitas, não é? Com diferentes alimentos no interior, mas a mesma espécie, o mesmo gênero com as mesmas angústias.

Saulo disse...

Eu realmente não sei porque você pensou que nós, pobres leitores, faríamos interpretações pornológicas de seu post. Eu, particularmente, não sou adepto desta linha de pensamento. Acredito na liberdade das pessoas! Todos são livres para botar o que quiserem dentro e fora, dentro e fora, dentro e fora... até se converterem de frios a quentes.

valmir disse...

Atualizaaa!

Bibi disse...

Saulo: é TB por sua causa que eu coloco essa observação! Mas não é só por vc... Feio!

Val: Dias difíceis!

Bibi disse...

Barbara: Volta seeeempre!

Fernando: Era mais ou menos por aí que estava me sentindo, mas a mensagem que eu joguei, vc captou!

Sambeira disse...

Miga, interpretações fazem parte do jogo... é até engraçado ver o que as pessoas concluem das nossas loucuras.
mas gostei da metáfora da marmita, sexual ou não, a conotação é boa.
bjos

Bibi disse...

momentos...