18.10.11

Bla bla bla



Pane criativa total. Ansiedade em alta. Procrastinação idem. Semana cheia. Desejos vazios. Trabalhos em vista (graças a Deus!). Livros que se avolumam na estante. Pilhas de trabalhos "escolares" a serem entregues crescente. E agora, tenho tarefas diárias para executar no carro [mais um capítulo de como transformar a boa selvagem em motorista]. Nope. Tosse foi embora. Resfriado chegando. Hóspedes também. Frio que vem. Frio que vai. Muitos cupons promocionais para restaurantes. Quilos que vem. Quilos que não se vão. Gosh!. Até que os dias não soam iguais, quando colocados no papel.


Ando desmaiando de sono e cochilo em qualquer lugar que encosto. Professor Xéu uma vez me ensinou uma técnica de como dormir em pé no metrô. Diz ele que é segura, embora já tenha acordado ajoelhado no meio do vagão. Hoje eu a coloquei em prática. Prova de que nenhum ensinamento, no fim das contas, é de se jogar fora [alguns beeeeeem no fim das contas mesmo]. Não estava de pé, mas fiz um gancho com o braço no ferro lateral para não deixar que o corpo fosse levado ao sabor das freadas do vagão. Também evitou o efeito "periquito no poleiro", aquele movimento de ficar com a cabeça para frente e para trás sem controle, exibindo claramente que você dorme, sem disfarces.


Chego aos compromissos com olheiras e pálida. Pumft!


Diego me emprestou um livro que há tempos eu desejava: "A Arte da Guerra", de Sun Tzu. Já li "O Príncipe" de Maquiavel. Tenho a impressão de serem parecidos. Impressão mesmo, porque mal pude folhear a obra, que Morfeu cutucou meus ombros e eu me entreguei. 


Coisas interessantes que eu anotei na Oficina de Texto Narrativo hoje:
* Palavra puxa palavra
* Deixe fluir o inconsciente
* Faça o exercício de livre associação de ideias
* Deixe os labirintos no texto para que o próprio leitor entre e feche
* Leia as entre-linhas e os não-ditos
* Você nunca tem o texto pronto no primeiro ato
* Escrever é disciplina, assim como ler é um hábito
* A escrita comanda as suas ideias [minha preferida :)]
* Se aprende a escrever, escrevendo e não pensando na morte da vaca.


Meu pensamento ta fazendo: muuuuuuuuuuuuu!  

2 comentários:

marina w. disse...

ótimas dicas
beijo

Bibi disse...

;)