7.5.12

UEPA! Tudo Muito Natural



Amiga minha se mudou para o Texas.
Eu não conheço o Texas.
Quer dizer, eu imagino o Texas baseada no que vi em filmes.
O meu Texas é o clássico do imaginário coletivo.
Portanto, bem passível de ser o longe da realidade.
Lembro que quando morei nos EUA, alguns poucos americanos que conheciam algo sobre o Brasil, imaginavam que morássemos entre macacos, usássemos cipó e esbarrássemos com uma pajelança indígena a cada meia hora de caminhada. Pelas picadas da selva, claro.
A tal amiga minha contou sobre um incidente no Texas.


***


AMIGA: Cara, eu te contei que bati de carro?
BIBI: NÃAAAAOOOOO! Como foi?

AMIGA: Nada demais... Na verdade, foi uma vaca bateu em mim. Acho que ela nem estava olhando. A M *#%)  é que foi dentro de um estacionamento, então, o seguro não pode culpar ninguém...
BIBI: Uma vaca? Num estacionamento? Quem deixou ela entrar?



TEMPOS DEPOIS CAI A FICHA:
A vaca era apenas o apelidinho 'carinhoso' da imprudente que dirigia distraída e causou prejuízos a terceiros. Mas, convenhamos, se você está no Texas que EU apenas imagino, tudo é possível! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Já visualizei uma Mimosa, solta, pastando no estacionamento de um shopping! HAHAHAHAHAHAHA Tudo muito natural!


4 comentários:

Wating disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk...
estereótipos! quando estava em miami, me perguntaram: "você conhece o joão? ele também mora em São Paulo". Ah!! claro! nessa cidade minúscula quem não conhece o joão? gente finérrima!

Bibi disse...

joão do caminhao!

Bia Bug disse...

Cara, eu totalmente visualizei a Mimosa perdida no estacionamento tb!!!! Agora, dá licença, senão eu perco o cipó, tenho consulta com o pajé hoje. hehehehe

Bibi disse...

hahahhahahha tb fui ao pajé hoje! Mas nem precisei de cipó, pq era numa oca aqui perto! hahahahaha