10.2.10

Frase


"Quando alguém me oferece uma mão amiga, eu entrelaço os meus dedos por ela. Lentamente. Há em mim todo o interesse em mostrar confiança, afetividade e intensidade numa troca de relação sincera. Quem costuma andar de mãos dadas e intrelaçadas com alguém a quem não se quer muito bem? Você consegue? Mãos dadas são termômetros de relações. Pele com pele; corpo e coração. Mãos entrelaçadas podem ser tão íntimas quanto um simples beijo na boca. Menos reveladoras e instigantes, por certo. Menos excitantes, é claro. Porém mais doadoras, com efeito"
- (Bia Amorim)

7 comentários:

Josselene Marques disse...

Bibi:

Garota inspirada, concordo plenamente com o seu pensar.
Tenha lindos sonhos.

Abraço.
Joss.

Bibi disse...

Oi Joss! Estou na fase de frases, sentiu? Mulher de frases! hehe
Beijo!

Denise Kelen disse...

ontem me vi andando com as mãos no bolso, acredita? 'Tudo isso, essa sacrifício porque não podia demonstrar em público meu amor. é mole? que sofrimento! Adorei esse post pelo sentido e pelo momento. Obrigada por me lembrar que, sempre que eu puder, andarei de mõas dadas!

Bibi disse...

É Dê! Maior sofrimento ainda é querer andar de mãos dadas e não poder. O bolso é o lugar de mãos tímidas, frias ou das que não sabem muito bem para onde ir! rs

Rodrigo Albuquerque Maranhão disse...

Hoje penso que talvez a cumplicidade seja aquilo que de melhor podemos buscar. Seja com amigos ou amores. Vou postar essa foto lá na minha terra também. Só a foto, nada mais.

Bibi disse...

Digo! Pode levar o que você quiser! Free pass here for you! Quer levar as letras?! Pode, só dar o crédito. Espalhar minhas letras na sua terra só me deixaria feliz! Be My Guest!

Anônimo disse...

Gostei muito do que vc escreveu. Mas tenho um problema com a máxima: o amor é cego. Acho que o amor vê a pessoa como ela realmente é e ainda assim, ama!
Amo-te!
bj
bia bacana