3.2.10

Sorriso para brindar o momento


J25 é um Ciclista que me acompanha deve ter bem uns dois anos ou quase. Eu mesma me assusto quando penso que o BibideBicicleta fará 4 anos em março. WOW. Mas voltando ao J25... Um cara que eu nunca vi, mas que sempre me deu muito apoio. Em sua última pedalada, mandou ver em um elogio da minha pessoa como madrinha do casamento da Bia Bug e Franitos. Eu já havia colocado a minha foto com a Oncinha, mas diante do elogio, quis colocar também a minha fotinho com a Quel Novaes, a quem amo tanto e de quem nunca havia comentado antes.
*
*
*
Existem alguns dias em que você não está bem internamente para sair nas fotos. Eu estava mesmo tensa durante esse casamento. Só relaxei um pouco na pista de dança. Mas o que eu acho mais impressionante é a seguinte fórmula da vida: quando você está cercada por pessoas a quem ama, a felicidade brota do seu interior de forma espontânea e o sorriso vem para brindar o momento. Gosto da minha expressão especialmente nessa foto. Gosto do fato de estar cercada por duas amigas queridas. Gosto da chance de poder falar isso delas e para elas. E a quem mais quiser ouvir.
*
*
*
Nem sempre a vida nos brinda com ocasiões específicas para se derramar verdades bonitas. Cabe a nós sermos ousados no criar a oportunidade e fiéis no falar com vontade. Hoje eu li que viver é perigoso. Acredito, no entanto, que não-viver as oportunidades ofertadas ou conquistadas é extremamente frustrante. E vivemos uma época de domínio das frustrações internas que se somam dentro de nós como grades de prisões invisíveis. Há laços que me amarram sem me apertar e me sufocam o grito contido. Mas não há impedimento que possa ser maior do que o amor que colhemos, plantamos e fazemos brotar.
*
*
*
Hoje li uma outra frase bacana no livro "Lua Nova", de Stephenie Meyer:
"O amor não funciona desse
jeito, concluí. Depois que você gosta de uma pessoa, é impossível ser lógica com
relação a ela"
Não se está falando em justiça, mas em ser lógico. A lógica do amor é completamente única e funciona através de leis próprias e de regimento infinito. Eu te amo só terá contextualidade se trouxer consigo o desenrolar de eventos significativos.

6 comentários:

Denise Kelen disse...

justamente por gostar de fotografias tenho aprovado as suas inserções de imagens pessoais...rs!
Para que continue, espero que esteja sempre bem e, consequentemente, goste de suas expressões. bjim

Bibi disse...

Estou preparando uma série de fotso pessoais. Vamos ver se tenho coragem de fazer um mosaico. Na verdade, todas são da minha carinha, mas tô começando a achar que é melhor fazere um mosaico de paisagem.

J25 disse...

Não seja timida... Beleza Brasileira com pitada Carioca.

Bem você mim faz sentir uma personalidade desta que sempre entrevista quando vejo J25 em um post. Guardo todos como se fosse aqueles pedaços de jornal que as pessoas quardam quando são lembradas no meu caso fica em uma pasta no not já especial para isso (rss, rss). É verdade já faz 02 anos de pedaladas e olha que já parei de pedalar minha magrela (bicicleta), já deixei a terapia, mudei muito, mas o Bibi de Bicicleta é meu vicio bom como já disse aqui; você atraves do Bibi de Bicicleta faz parte da minha vida.
E vocês estão lindas.
É verdade cheguei aqui atraves do macaquinho no sotão e fiquei.

Vamos caminhar...
Bjão

Bibi disse...

hahahaha Jura que vc guarda? Que surpresa é essa, menino!?
Vamos pedalar sempre!
Bjs e obrigada pelo carinho gratuito!

Anônimo disse...

Antes de ler a postagem abaixo, estava curtindo a sua foto. Sou amarradão em fotografias: pessoas, paisagens, lugares( estação de trens, em cidades interioranas, principalmente). O seu olhar, Bibi, e sua boca, é tudo na vida.
Parabéns ao autor(a) do clic.
Bjs. Bino.

Bibi disse...

Caramba Bino! Você me deixou sem fôlego! Que baita elogio! Obrigada, fez tão bem à alma que vou guardá-los para sempre!