22.10.10

A lágrima é a marca d'água da alma no papel da vida


"A iniciativa é um ato de libertação dos nossos medos" 
- Leticia Pessole


Esbarrei com essa frase em uma revista que comprei pela primeira vez e que vou sempre comprar: "Vida Simples", da editora Abril. Quando trabalhei na Abril, sei lá porque eu recebia um exemplar mensalmente e por preconceitos de achar que eram apenas temas esotéricos, não lia. Até que, indo à praia, levei uma e me apaixonei. Passado o tempo, esqueci da bendita revista. E de todas as outras, já que o meu foco passou a ser literatura. Dia desses, Albuk me lembrou da revista. Principalmente porque a matéria de capa era sobre perda. E eu estou aprendendo a lidar com as minhas.


Leitura vai, leitura vem, vou de encontro à frase que abre esse post. Estou passando por outros processos decisórios de extrema importância. E também aprendendo a ter a iniciativa tal, que vai me levar de encontros a meus medos. Um deles: o desconhecido. Mas depois que se vence o medo, até que o desconhecido se torna um terreno bastante sedutor. Para isso, basta que Deus indique o caminho. E que se tenha coragem para ter a iniciativa. Aquela história de roldanas, alavancas, pedras, montanhas...


Deus sempre trabalha comigo no limite dos tempos. Ele me desafia a fé. O mais engraçado é lembrar que a fé é um dom de Deus, afinal. E ai? Talvez Ele esteja trabalhando espaços internos. Moldando espaço da coragem, que gera iniciativa, que vence o medo e que nos faz caminhar para novas paisagens. 


Tenho medo do futuro. Mas tenho mais medo das masmorras que fico deixando acontecer em mim e que me tragam para longe dos sonhos. Os sonhos realizados. Quero esse sabor. Quero a luz dos acontecimentos todos, de tal modo que torne os momentos inesquecíveis. Nem tudo será da maneira que eu quero. Nem todos os sonhos tem a forma da minha imaginação. Mas quero crer que todos me levarão a um lugar melhor, sendo uma pessoa também transformada para melhor. Mesmo que sofra. Porque sei quem pode enxugar as minhas lágrimas. E sei que lágrimas existem também para consolar o meu coração, extravasar a minha emoção, selar um momento. A lágrima pode ser a marca d'água da alma no papel dos acontecimentos da história da vida.Ela sela um acontecimento de forma pessoal e com características próprias, únicas e profundas.  

9 comentários:

Anônimo disse...

A vida vai caminhando de forma que não podemos prever; podemos sonhar e nunca realizar, podemos realizar e nunca ter sonhado, também não podemos parar, sentar e esperar para que algo ocorra; sentar no sofa de sua casa e esperar o momento certo nunca virá. A iniciativa é como uma montanha russa super radical e que tememos grandemente; antes de entrar voce esta tremendo, ao entrar voce quer desistir mas já não pode retornar, no meio dela voce fecha os olhos, passa mal, queria estar em qualquer outro lugar, mas quando termina, voce se sente o máximo, a melhor pessoa do mundo! e percebe que tudo aquilo valeu a pena...

Ass; Anonimo, que te admira cada dia mais.

Bibi disse...

Caramba Anônimo, agora fico sempre esperando você me escrever! Sempre tem algo relevante para compartilhar e um elogio que me enobrece a alma. Obrigada!

Bibi disse...

PS: Entendi a analogia, claro. Mas quero deixar aqui registrado que eu sou LOUCA por Montanha Russa e que estar em uma é um deleite antes, durante e depois! E sempre quero mais!

Anônimo disse...

rsrs. :D

Leticia Pessole disse...

Bibi: eu só posso lhe dizer que estando com Deus, você naturalmente deixará os seus medos de lado e terá toda a iniciativa do mundo.
Seus sonhos serão realizados na medida que vc arregaçar as mangas, botar os pés no chão e se permitir alcançar.
Fico feliz de ter, por meio dessa frase, despertado em ti essa vontade de ler sempre a Vida Simples. AMO essa revista e por isso gosto sempre de contribuir.
Bjao e fica com Deus
Letícia Pessole

Bibi disse...

Leticia: uma honra ter você aqui! Obrigada! Mais que gostar de uma revista, o que você escreveu me inspirou um post! E dos bons!

Leticia Pessole disse...

Uma vez ouvi que, só escrevemos aquilo que está inscrito em nós. Honra minha, na vdd, de saber que aquilo que estava inscrito em mim, 'libertou' algo 'dos bons' como vc disse, de dentro de vc. Bom saber que o ser humano (ainda mais eu com todas minhas falhas) é capaz de permitir que algo de bom tb saia de outra pessoa! ^^
Grande abraço e força nessa caminhada

Leticia Pessole disse...

E ai Bibi, passou por esses e mais tantos outros processos de superar medos? Estava zapiando meus posts e esbarrei nesse que você fez menção a uma frase minha.
Espero que esteja bem.
sucesso.

Bibi disse...

Queridona!