27.10.10

Poesia vem de berço?

Foto: Adriane


Será que a poesia vem de berço? Será que ela tem DNA? Será? Será?
Uma vez fiz uma poesia - acho até que já postei aqui - na qual eu dizia que era da minha Mãe que vinham os meus versos. 



"... Sou alguém venturosa
Plena, alegre e orgulhosa
Por vir de você meu verso e prosa
Por ver em você o meu lar..."

Pois bem. Dito isto, vem a história.
Hoje pela manhã ela me acordou com uma bela surpresa.
Tinha lágrimas nos olhos, mas sorriso sincero no rosto.
Disse que havia acabado de fazer uma poesia "com todo o seu coração".
E leu para mim assim:

"Saudade! Palavra enigmática
Que só quem sente pode avaliar
Uma dor miúda, vagarosa
Que mexe dentro e causa mal estar.

É assim que sinto agora
Depois de deixar o tempo passar
Quanto mais o tempo passa, mais dói
Uma dor que não posso mensurar.

Você chegava à hora certa para se alimentar
Abria a porta sem incomodar
Com alegria no rosto por chegar
À sua 'santa casinha', o seu lar.

'Como estás?' 'Um pouco cansado...'
Dizia ele, o coração a reclamar
'Vou me deitar um pouco' e recostava-se no sofá
E um cochilo gostoso ia tirar.

Depois, animado e contente,
Pela casa andava sorridente
Buscando coisas para consertar.
Lendo a Palavra de Deus
Se preparava para ensinar.

Falava sobre a plenitude dos tempos
Falava sobre perdão, falava sobre amor
Falava com segurança e fé
Falava a palavra do Senhor.

Sei que estás no céu, meu querido
Com os anjos sempre a brincar
Era seu jeito aqui na terra:
Brincando com todos, sempre a brincar.

Por isso sentimos saudade
Gente boa falta nos faz
Coloco nos versos a paixão
Homem de Ferro, descansa em paz" - Ruth Amorim
  

15 comentários:

Bia Bug disse...

Chorei junto com ela.

Bibi disse...

OOOO minha linda!
Quase te liguei, mas perdi o time. Só saudade...

Anônimo disse...

A poesia não pensada, não planejada é a melhor poesia.
A poesia amada é a melhor poesia. A poesia finalizada com lágrimas é a melhor poesia.
A poesia dada é a melhor poesia.
A poesia compartilhada é a melhor poesia.
Ruth, voce fez tudo isso e mostrou ao mundo o verdadeiro amor.

-P.S. O gerúndio de certo, não é a melhor poesia.

Saulo disse...

Seu blog me desidrata!
Cada dia mais intenso e emocionante! Tia Ruth me encanta e surpreende... cada dia mais. Para além dos laços de família, cultivamos um amor inexplicável... talvez compreensível... como nessas lindas e sinceras letras bem dispostas.
Muita emoção!!!

Bibi disse...

Anônimo: Minha mãe amou o que você escreveu. Eu disse que ela está roubando os meus leitores! hahahaha Mas nem ligo, afinal, fui eu que postei a poesia dela, não é mesmo?

Bia Big: Ela tá com saudade de você!

Saulo: Minha mãe não quer que você se desidrate. mandou fazer o soro caseiro!

Anginha disse...

Simplesmente perfeito...doce como tia Ruth sempre foi para os meus olhos.

bjss Lindinhas!
Anginha

Bibi disse...

Anginha, linda, vamos matar essa saudade enorme! Obrigada por comentar! É importante para as duas!

CÁTIA CUNHA disse...

Lindo e emocionante.
E nós sabemos que este sentimento que brota da saudade serve pra nos lembrar de agradecer por tudo que se transformou em verso e prosa.
bjs pra Ruth que fica mais linda criando beleza com as palavras!

Anônimo disse...

hahaha! aposto que sua mãe é sua ghost-writer!

Bibi disse...

Onça: vou guardar para sempre essa coisa linda que vc escreveu - "Ruth que fica mais linda criando beleza com as palavras!"

Anônimo: Ela não é minha ghost-Writer, mas minha DNA-Writer! hhahaha

Luis Paulo disse...

Adorei a rima e a métrica! Mas, o melhor de tudo foi a intensidade do poema! Como diria meu amigo filósofo...é belo!

Bibi disse...

LP: Quando vem do coração...

Jéssika disse...

Tia Ruth, nao sabia que era poeta, me surpreende a cada dia... parabens pela poesia, e todos nós da familia sentimentos saudades dele... s2 fica com deus vcs, e saudades enormes de vcs s2' bjss

Mauro disse...

Linda poesia! Saudades do querido tio Tonzinho... a família Amorim está muito bem representada nos Céus!

Monica disse...

Saudades! Saudades! Parabéns, tia, por expressar em palavras o que todos sentimos! Neste momento ele deve estar fazendo os anjos rirem com seus "causos" alegres.
Bjs