26.1.10

O mau selvagem


Outro dia escrevi isso em um blog, mas trouxe de lá para cá, porque voltei a ler e a me interessar em dividir e registrar isso (e sim, eu estava pensando Rousseau e na sua teoria de que todos os homens nascem livres e a liberdade faz parte da natureza do homem e que os problemas do homem decorriam dos males que a sociedade havia criado e não existiam no estado selvagem, embora eu acredite que somos em parte maus por natureza, não na essência da criação, mas em decorrência da queda):


"Miséria humana que nos atinge desde sempre e de formas tão diferentes. Sentimentos toscos, individualistas, narcisistas, separatistas. Lutamos contra um estado de natureza para o bem individual e coletivo. Lutamos contra a natureza, que de alguma forma vem trazer o caos, para colocar ordem".

6 comentários:

Josselene Marques disse...

Olá, garota!

Estava com saudades deste espaço. É que ando meio atarefada...
Uma ótima semana.

Joss.

Bibi disse...

Pois é, senti a sua falta Joss! Gosto de ser o seu blog de cabeceira! :)

fernando disse...

Caso esteja se referindo ao comentário postado em meu blog, de fato achei que existisse de fato esta relação entre você e o filósofo.
Também não acredito no tal mito do "Bom selvagem", mas também acreditava que a maldade humana fosse tamanha, tal como acompanhamos nesse tempo em que vivemos.
P.S.: Enviei o conto para o seu e-mail.

Claudio Marçal disse...

Realmente o individualismo e o egoísmo da nossa Sociedade pode aniquilar a humanidade. Quase nada é feito em prol do outro ou de uma coletividade. Vejo hoje muitas pessoas cada vez mais voltadas para o próprio umbigo e o pior, estão achando tudo isso muito normal. Pobre mundo...

Bibi disse...

Marçal! Isso mesmo! Triste é pensar que existe gente que pensa que é maior ou melhor que o outro em função de pensamento, posição ou dinheiro!

Bibi disse...

Fernando: Recebi! Gracias!